Deputado quer convocar Dino por imagens deletadas do 8 de janeiro

O deputado Evair Melo (PP-ES), vice-líder da oposição na Câmara, protocolou requerimento de convocação para que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, preste esclarecimentos sobre as  imagens do circuito interno do ministério gravadas no dia 8 de janeiro. Nesta terça-feira (30), Dino alegou que as gravações foram apagadas por “problema contratual”.

Flávio Dino culpou o contrato com a empresa responsável pelas câmeras de segurança da sede do ministério —a pasta alega que ele prevê guardar as imagens por menos de 30 dias.

“Não há dever legal”, disse Flávio Dino ao ser questionado sobre as imagens apagadas. “Tanto é que o mesmo problema aconteceu no Senado. O mesmo problema que aconteceu aqui, que é contratual. E isso acontece nas empresas privadas também. E eu não sabia disso, porque não sou gestor de contrato.”

Dino declarou ainda que “só soube agora” quais imagens a Polícia Federal havia recolhido e afirmou que o número 2 do ministério, Ricardo Cappelli, estava tentando recuperar o conteúdo para entregar à CPMI.

O ministro ainda ironizou o sumiço das imagens: “Essas imagens não vão mudar a realidade dos fatos. Não vai aparecer um disco voador, não vão aparecer infiltrados e não vai aparecer a prova desse terraplanismo que inventaram para ocultar a responsabilidade dos criminosos. Esses que ficam falando em omissão [do governo] são os amigos dos terroristas”.

 

 

Participe do blog.

Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade

  • Participe

  • Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com