Justiça converte em preventiva prisão de suspeito de atropelar e matar médico em São Luís

A Justiça do Maranhão converteu em prisão preventiva do empresário José Coelho de Oliveira, suspeito de atropelar e matar o médico Édson Soares de 54 anos, de 54 anos, na Avenida Litorânea, em São Luís. Ele havia sido preso em flagrante na noite de sexta-feira (29).

A decisão foi tomada após o suspeito ter passado por uma audiência de custódia na manhã deste sábado (30). Com isso, José Coelho de Oliveira foi levado para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde vai permanecer à disposição da justiça.

Ainda neste sábado, a Polícia Civil do Maranhão (PC-MA) apreendeu o carro que era conduzido pelo empresário. As marcas da violência provocada pela colisão ficaram visíveis e com o impacto, o para brisa e o lado direito do veículo, ficaram destruídos. Na parte de cima do carro, há marcas de sangue da vítima.

 

Participe do blog.

Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade

  • Participe

  • Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com