CNJ anula decisão do órgão especial do TJMA sobre o Quinto e Pleno deve definir o nome em votação aberta

Atendendo a um Procedimento de Controle Administrativo (PCA) impetrado pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e pela seccional maranhense (OAB-MA), o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) anulou a Resolução do Órgão Especial, do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA). A decisão havia criado uma comissão especial para avaliar os advogados escolhidos em lista sêxtupla pela seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-MA).

Com a decisão, a escolha da Lista Tríplice a ser encaminhada ao governador Carlos Brandão para escolha do novo desembargador do Tribunal de Justiça do Maranhão deverá ser feita pelo Pleno do TJMA.

Participe do blog.

Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade

  • Participe

  • Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com