Guerra: crianças que sobreviveram ao bombardeio em Gaza mas ficaram órfãs

O taque do Hamas que deixou pelo menos 1.400 mortos em território israelense. Até o momento, os bombardeios israelenses em Gaza deixaram pelo menos 3.300 mortos e 13.000 feridos, disse Mai al-Kaila, ministra da Saúde palestina, na quarta-feira (18/10).

Cerca de 40% dos feridos que chegam ao hospital são crianças, aponta a BBC. “Todos os dias temos casos em que nos dizem que este é o único membro sobrevivente da família”, disse Ghassan Abu Sittah, cirurgião plástico e reconstrutivo britânico que atualmente trabalha no Hospital al-Shifa.

A organização não pode estimar o número de crianças sem família. O Hamas trouxe quase 200 reféns, incluindo crianças e deficientes, para Gaza. Acredita-se que estejam em andamento negociações para libertá-los junto a mulheres.

Participe do blog.

Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Publicidade

  • Participe

  • Mande sua mensagem ou denúncia no e-mail keithlccalm@gmail.com